Última hora

Última hora

Estender a mão voluntariamente

Em leitura:

Estender a mão voluntariamente

Tamanho do texto Aa Aa

Muitos alunos fazem voluntariado simplesmente para ajudar comunidades carenciadas, mas enquanto trabalham aprendem várias lições pessoais e práticas.
Em Buenos Aires, na Argentina, no Colégio Del Salvador acontece algo especial. Trinta e cinco alunos saem da escola e percorrem 1000 km até uma pequena aldeia na Patagónia. Participam num projeto de voluntariado e estão
muito entusiasmados.

Em Portugal, até dezembro de 2010, as ruas eram o principal parque de diversões das crianças do Bairro do Carriçal, até que estudantes da Universidade do Porto criaram o espaço “FAP no Bairro”. Um projeto de voluntariado que dá apoio a 35 crianças.

Segue-se uma história muito especial sobre um estudante que estava tão determinado a fazer a diferença, que passou quase cinco anos a economizar para conseguir ir até à Índia fazer voluntariado. Alessandro tem 18 anos. Estava na escola em Teignmout e em breve vai entrar na Universidade. Um adolescente invulgar, com a poesia como paixão e o sonho de fazer voluntariado na Índia. O sonho foi cumprido.