Última hora

Última hora

Magnata procura marido para filha lésbica

Em leitura:

Magnata procura marido para filha lésbica

Tamanho do texto Aa Aa

Um magnata de Hong Kong dobrou a oferta, de 65 milhões para 130 milhões de dólares (quase 95 milhões de euros), para o homem que conquistar a sua filha lésbica.

A mulher, de 33 anos, já disse ao “South China Morning Post” que “nem mil milhões de dólares” a farão sentir atraída por um homem. Gigi Chao revelou ainda que a nova oferta do pai “perturbou” a companheira, Sean Eav, que tem há vários anos, e que já pediu “várias vezes” ao progenitor para “parar de falar com a imprensa sobre o dote”.

Embora não lhe agrade a obsessão do pai em encontrar-lhe marido, Gigi mostra-se compreensiva: “Sei que me ama. É apenas de outra época e para ele é difícil compreender a minha luta pelos direitos da comunidade homossexual”.

Numa entrevista ao diário da Malásia “Nanyang Siang Pau”, no passado dia 20, o milionário Cecil Chao Sze-tsung lamentou que a oferta inicial, feita em 2012, tenha atraído mais de 20 mil candidatos, mas “nenhum tenha conquistado o coração da filha”. Apesar da sua ação, garantiu não querer interferir na sua vida privada: “Só espero que ela tenha um bom casamento e filhos que herdem o meu negócio”.

Gigi é diretora executiva da empresa imobiliária do pai e dedica-se também a atividades de caridade como fundadora da organização Faith in Love (Fé no Amor”), que tenta combater a pobreza nas zonas mais desfavorecidas do continente asiático.

A filha do magnata é também uma conhecida ativista dos direitos dos homossexuais, bissexuais e transexuais, tendo ajudado a fundar o grupo “Big Love Alliance”, que desenvolve iniciativas nesta área junto de advogados e celebridades de Hong Kong.