Última hora

Última hora

The Corner: Eins, Zwei, Drei... Tetra!

Em leitura:

The Corner: Eins, Zwei, Drei... Tetra!

Tamanho do texto Aa Aa

A Alemanha juntou uma quarta estrela ao equipamento depois de levantar, no Maracanã do Rio de Janeiro, o tão desejado troféu. Foi o primeiro título desde a reunificação das Alemanhas e o primeiro festejado a leste depois da “tripleta” da antiga RFA.

À esmagadora vitória (7-1) sobre o Brasil na semifinal, a Alemanha juntou agora na final o triunfo mínimo, mas suficiente (1-0) sobre a Argentina de Lionel Messi e dos “portugueses” Ezequiel Garay, Enzo Perez e Marcos Rojo.

Foi preciso esperar pelo prolongamento para se encontrar um vencedor desta final. Com o marcador em 0-0 ao fim dos 90 minutos regulamentares e um nível muito idêntico entre a Argentina e a Alemanha, só ao minuto 113 a Alemanha encontrou as redes argentinas, com um golo de Mario Götze, a passe de Schürrle.

Götze tinha entrado para substituir Miroslav Klose, recordista de golos em mundiais, que se despediu aqui dos jogos com a Mannschaft.

Os alemães conseguem o “tetra”, 24 anos depois da última vitória num mundial (vitórias em 1954, 1974 e 1990), também numa final contra a Argentina. Foi também a primeira vitória desde a reunificação alemã.

Alegria para os alemães, deceção para Messi e companheiros.

Há quem esteja a festejar e quem esteja a chorar. A equipa anfitriã nem o terceiro lugar conseguiu e sofreu dez golos em dois jogos, com apenas um marcado. As críticas à seleção ecoam por todo o Brasil.

Luiz Felipe Scolari pode ter vivido os últimos dias à frente da seleção brasileira.

Depois do Mineiraço, nova deceção. O jogo para o terceiro lugar, contra a Holanda, foi mais um golpe para o Brasil e provou que as coisas não estão bem.

Nunca o Brasil tinha visto uma humilhação destas. Mesmo a derrota na final de 1950 frente ao Uruguai, o Maracanaço, foi menos embaraçosa que este Mineiraço, a meia-final perdida no Mineirão, por 7-1, com a Alemanha.

A imprensa não poupa o treinador e os jogadores.

No jogo para o terceiro lugar, com a Holanda, o Brasil voltou a perder, agora por 3-0. Os brasileiros perguntam-se o que é que se passa com a equipa. O futuro do selecionador Luiz Felipe Scolari está em dúvida. A única certeza é que a seleção precisa de ser remodelada.

O Mundial 2014 acabou e é altura de começarmos a pensar no próximo. Está feita a passagem de testemunho – Dentro de quatro anos, é à Rússia que vai caber a responsabilidade de organizar o mundial. O Estádio de Luzhniki, em Moscovo, vai suceder ao Maracanã como palco da final.

Real time tweets about the World Cup Final. (Twitter/ CartoDB)

Real time tweets about the match for third place