Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

The Corner: Eins, Zwei, Drei... Tetra!

The Corner: Eins, Zwei, Drei... Tetra!
Tamanho do texto Aa Aa

A Alemanha juntou uma quarta estrela ao equipamento depois de levantar, no Maracanã do Rio de Janeiro, o tão desejado troféu. Foi o primeiro título desde a reunificação das Alemanhas e o primeiro festejado a leste depois da “tripleta” da antiga RFA.

À esmagadora vitória (7-1) sobre o Brasil na semifinal, a Alemanha juntou agora na final o triunfo mínimo, mas suficiente (1-0) sobre a Argentina de Lionel Messi e dos “portugueses” Ezequiel Garay, Enzo Perez e Marcos Rojo.

Foi preciso esperar pelo prolongamento para se encontrar um vencedor desta final. Com o marcador em 0-0 ao fim dos 90 minutos regulamentares e um nível muito idêntico entre a Argentina e a Alemanha, só ao minuto 113 a Alemanha encontrou as redes argentinas, com um golo de Mario Götze, a passe de Schürrle.

Götze tinha entrado para substituir Miroslav Klose, recordista de golos em mundiais, que se despediu aqui dos jogos com a Mannschaft.

Os alemães conseguem o “tetra”, 24 anos depois da última vitória num mundial (vitórias em 1954, 1974 e 1990), também numa final contra a Argentina. Foi também a primeira vitória desde a reunificação alemã.

Alegria para os alemães, deceção para Messi e companheiros.

Há quem esteja a festejar e quem esteja a chorar. A equipa anfitriã nem o terceiro lugar conseguiu e sofreu dez golos em dois jogos, com apenas um marcado. As críticas à seleção ecoam por todo o Brasil.

Luiz Felipe Scolari pode ter vivido os últimos dias à frente da seleção brasileira.

Depois do Mineiraço, nova deceção. O jogo para o terceiro lugar, contra a Holanda, foi mais um golpe para o Brasil e provou que as coisas não estão bem.

Nunca o Brasil tinha visto uma humilhação destas. Mesmo a derrota na final de 1950 frente ao Uruguai, o Maracanaço, foi menos embaraçosa que este Mineiraço, a meia-final perdida no Mineirão, por 7-1, com a Alemanha.

A imprensa não poupa o treinador e os jogadores.

No jogo para o terceiro lugar, com a Holanda, o Brasil voltou a perder, agora por 3-0. Os brasileiros perguntam-se o que é que se passa com a equipa. O futuro do selecionador Luiz Felipe Scolari está em dúvida. A única certeza é que a seleção precisa de ser remodelada.

O Mundial 2014 acabou e é altura de começarmos a pensar no próximo. Está feita a passagem de testemunho – Dentro de quatro anos, é à Rússia que vai caber a responsabilidade de organizar o mundial. O Estádio de Luzhniki, em Moscovo, vai suceder ao Maracanã como palco da final.

Real time tweets about the World Cup Final. (Twitter/ CartoDB)

Real time tweets about the match for third place