Última hora

Última hora

"Jihadistas" franceses lançam apelo a conterrâneos

Em leitura:

"Jihadistas" franceses lançam apelo a conterrâneos

Tamanho do texto Aa Aa

Três combatentes franceses do grupo extremista Estado Islâmico apelam aos conterrâneos para se unirem aos “jihadistas” que combatem no Iraque e na Síria.

O vídeo, divulgado nas redes sociais, exemplifica o desafio para as autoridades francesas, que tentam conter a promoção do extremismo islâmico no interior das suas fronteiras.

Depois de queimarem os passaportes, os três homens que surgem de face descoberta nas imagens apelam também a ataques em França.

Esta gravação surge três dias depois da difusão de um vídeo com a decapitação do refém norte-americano Peter Kassig e de 19 soldados sírios, no qual aparecem dois outros extremistas franceses, identificados por Paris como Maxime Hauchard e Mickael dos Santos, um lusodescendente.