Última hora

Última hora

Portugal: José Sócrates detido

Em leitura:

Portugal: José Sócrates detido

Tamanho do texto Aa Aa

O antigo primeiro-ministro português José Sócrates foi detido e está a ser escrutinado por alegada fraude, branqueamento de capitais, evasão fiscal e corrupção.

O chefe de governo entre 2005 e 2011 foi detido no aeroporto da portela em Lisboa quando regressava de Paris.

A procuradoria-geral confirmou que Sócrates e três outras pessoas foram detidas, os interrogatórios prosseguem este sábado.

Alguma comunicação social adianta que na origem das investigações está o apartamento em que Sócrates viveu em Paris depois de ter abandonado o governo. O socialista terá gasto 3 milhões de euros, um montante que o próprio afirma ter conseguido através de um empréstimo.

De acordo com o jornal Público, o inquérito centra-se sobre operações bancárias, movimentos e transferências de dinheiro.

Foram realizadas várias buscas. Estiveram envolvidos quatro magistrados do Ministério Público e 60 elementos da autoridade fiscal e da Polícia de Segurança Pública.