Última hora

Última hora

Tunísia vota nas primeiras presidenciais livres

Em leitura:

Tunísia vota nas primeiras presidenciais livres

Tamanho do texto Aa Aa

A Tunísia vai escolher o novo presidente este domingo. São as terceiras eleições livres no país, primeiras presidenciais, desde o movimento popular que deitou abaixo o regime de Ben Ali, em 2011.

Mesmo se os candidatos são cerca de 30, a corrida praticamente resume-se ao favorito, Beji Caid Essebsi, do partido que venceu recentemente as legislativas, e ao atual presidente, Moncef Marzouki.

O partido Nidaa Tounès liderou uma coligação anti-islamita nas eleições do início do ano e conseguiu desalojar do poder o Ennahda, considerado islamita moderado. Apesar da idade avançada, 87 anos, Essebsi parece estar a aproveitar o balanço desta vitória e posiciona-se como favorito.

Moncef Marzouki é presidente desde 2011. Foi designado pela Assembleia Constituinte, mas nunca passou pelas urnas. É médico, escritor e tem um percurso de militante pelos direitos humanos. Apresenta-se como independente.

Já o Ennahda, o partido que governou o país durante os últimos três anos, prefere não apresentar candidato.