Última hora

Última hora

Palestinianos reagem de formas opostas ao voto no parlamento francês

O voto do parlamento francês a favor do reconhecimento do Estado palestiniano é visto de formas diferentes na Cisjordânia e em Israel. Em Ramala, na

Em leitura:

Palestinianos reagem de formas opostas ao voto no parlamento francês

Tamanho do texto Aa Aa

O voto do parlamento francês a favor do reconhecimento do Estado palestiniano é visto de formas diferentes na Cisjordânia e em Israel. Em Ramala, na cidade-sede da autoridade palestiniana, ouvem-se palavras de esperança:

“A França pertence à União Europeia e apoia os palestinianos. Para algumas pessoas é apenas um passo simbólico mas é muito importante para o povo palestiniano.”

Em Netanya, a norte de Telavive, ouvem-se outras palavras. Para muitos, a moção aprovada em Paris é prejudicial para as negociações entre os dois povos:

“Penso que o voto do parlamento francês não é nada bom porque não vai ajudar nas discussões entre israelitas e palestinianos.”

Em Washington, o departamento de Estado recordou que esta moção não é vinculativa para a política do governo de Paris e sublinhou que os Estados Unidos preferem negociações diretas entre os representantes dos dois povos.