Última hora

Última hora

Duo chinês Chopstick Brothers à conquista de um lugar ao sol

Em leitura:

Duo chinês Chopstick Brothers à conquista de um lugar ao sol

Tamanho do texto Aa Aa

O duo Chinês Chopstick Brothers busca um lugar ao sol no mundo da pop internacional depois de ter arrecadado o galardão para melhor canção

O duo Chinês Chopstick Brothers busca um lugar ao sol no mundo da pop internacional depois de ter arrecadado o galardão para melhor canção internacional, nos Estados Unidos.

Point of view

"A canção teve sucesso porque os chineses são pessoas sérias. Quando ouvem a canção, vêm o vídeo e dançam ao som da música, percebem que um chinês pode ser bem-humorado e relaxado. Os chineses de hoje estão sob intensa pressão e esta canção suscita emoções alegres e simples"

Os dois artistas estiveram em Los Angeles em novembro para a cerimónia de entrega dos prémios da música americana.

Mas os telespetadores norte-americanos não chegaram a ver a actuação dos Chopstick Brothers porque eles cantaram durante o intervalo para a publicidade.

“O convite dos prémios da música americana teve a ver com a nossa influência num país com mais de mil milhões de pessoas. No meu entendimento, o convite tem a ver com o facto de o mercado chinês ser enorme o que interessa os americanos”, considerou Wang Taili.

Graças à canção “Little Apple”, Xiao Yang e Wang Taili esperam seguir as pisadas do cantor sul-coreano PSY, célebre pelo vídeoclip bem humorado Gangnam Style.

“A canção teve sucesso porque os chineses são pessoas sérias. Quando ouvem a canção, vêm o vídeo e dançam ao som da música, percebem que um chinês pode ser bem-humorado e relaxado. Os chineses de hoje estão sob intensa pressão e esta canção suscita emoções alegres e simples”, explicou Xiao Yang.

“Chick Chick” da cantora Rollin Wang é outro dos grandes sucessos recentes da música pop chinesa mas desta vez fora de portas.

O clip foi vista mais de dez milhões de vezes na Internet na Europa e nos Estados Unidos mas não seduziu totalmente o mercado chinês.

“Uma parte do público chinês pensa que a canção não tem sentido. Mas penso que este tipo de tema pode retirar a pressão e fazer as pessoas felizes. Cada trabalho tem o seu valor. O valor desta canção é a simplicidade, a felicidade simples. Tudo o que a pessoa tem de fazer é consumi-la, não é preciso pensar muito”, disse a artista chinesa.

Como o site Youtube é proibido na China, o produtor de Chick Chick só se apercebeu do sucesso do tema quando o número de visualizações chegou aos quatro milhões.

“Uma das razões para o sucesso de Chick Chick na Europa e nos Estados Unidos é o facto de ser um estilo de música que tem a ver com as normas internacionais. Para os estrangeiros este tipo de ritmo e som é similar ao das músicas de dança mais inovadoras. Por isso quando ouvem a canção não pensam que é uma coisa oriental mas algo em linha com o que se ouve atualmente no mundo inteiro”, sublinhou Liu Yuanlong.

Mas nem tudo são rosas para artistas como Rollin Wong. A indústria musical chinesa sofre com a popularidade da música sul-coreana. O caminho para o estrelato promete ser longo.