Última hora

Última hora

Novo contingente de combatentes curdos chega a Kobani

Ataques aéreos da coligação contra os militantes do Estado Islâmico no Iraque e na Síria estão a dar frutos.

Em leitura:

Novo contingente de combatentes curdos chega a Kobani

Tamanho do texto Aa Aa

Um novo destacamento de 150 combatentes curdos do Iraque entrou na cidade síria de Kobani para substituir os Peshmerga chegados em outubro.

Apesar da pouca importância estratégica, a cidade de Kobani, sitiada desde meados de setembro pelos extremistas, tornou-se o símbolo da luta contra o grupo Estado Islâmico de Abu Bakr al-Baghdadi.

Os combatentes curdos estão animados: “O nosso nível de moral é muito alto e vamos atacar e lutar contra eles”.

O reforço dos peshmerga iraquianos e os ataques aéreos da coligação criada pelos Estados Unidos estão a dar frutos e regista-se um recuo dos islamistas no terreno.

A cidade foi esvaziada dos seus habitantes, os poucos que restam vivem em terrenos baldios ou no que resta das habitações. Nestas condições encontram-se pelo menos 100.000 pessoas.

“Não temos para onde ir, nenhum abrigo subterrâneo para nos escondermos. Estamos aqui sob tiroteio constante”.

Até agora, a coligação já realizou mais de 1.000 ataques aéreos no Iraque e na Síria, mas a luta contra os militantes pode durar vários anos.