Última hora

Última hora

Papa denuncia exílio forçados dos cristãos no Médio Oriente

Mensagem do líder da Igreja Católica foi transmitida pelo arcebispo de Lyon à comunidade cristã de Mossul, refugiada na cidade iraquiana de Erbil.

Em leitura:

Papa denuncia exílio forçados dos cristãos no Médio Oriente

Tamanho do texto Aa Aa

O Papa Francisco denunciou o exílio forçado dos cristãos no Médio Oriente, devido à ofensiva do grupo extremista Estado Islâmico, e apelou a uma grande “convergência internacional” para resolver a situação.

A mensagem foi transmitida pelo arcebispo francês de Lyon, Philippe Barbarin, de visita à comunidade cristã de Mossul refugiada em Erbil, capital do curdistão iraquiano.

No vídeo divulgado durante a cerimónia, o Papa frisou que “cristãos e yazidis foram expulsos à força das suas casas, tiveram de deixar tudo para trás para salvar as próprias vidas, mas não renegaram a sua fé. Como líderes religiosos, devemos denunciar todas as violações da dignidade e dos direitos humanos”.

O arcebispo de Lyon chegou a Erbil acompanhado por uma delegação de uma centena de pessoas para uma visita por ocasião da Festa da Imaculada Conceição, assinalada a 8 de dezembro.