Última hora

Última hora

EUA: justiça não reconhece legítima defesa a homem que matou estudante alemão

A justiça norte-americana põe fim ao caso que chocou a Alemanha, ao reconhecer como culpado de homicídio, um homem que disparou mortalmente sobre um

Em leitura:

EUA: justiça não reconhece legítima defesa a homem que matou estudante alemão

Tamanho do texto Aa Aa

A justiça norte-americana põe fim ao caso que chocou a Alemanha, ao reconhecer como culpado de homicídio, um homem que disparou mortalmente sobre um estudante alemão. Os juízes não reconheceram o direito de legítima defesa ao proprietário de uma casa que surpreendeu o estudante na sua garagem. O homem teria disparado vários tiros depois de ferir o jovem de 17 anos.