Última hora

Última hora

Ébola continua a matar na África Ocidental

A Organiazação Mundial da Saúde apresenta os mais recentes números sobre a crise de Ébola. Os três países mais afetados principalmente continuam a

Em leitura:

Ébola continua a matar na África Ocidental

Tamanho do texto Aa Aa

A Organiazação Mundial da Saúde apresenta os mais recentes números sobre a crise de Ébola.

Os três países mais afetados principalmente continuam a ser a Serra Leoa, Libéria e Guiné.

O número de mortes desde o surto de febre hemorrágica na África Ocidental totalizou 7.373 fora os 19.031 casos registados nos três países mais afetados, de acordo com o mais recente relatório atualizado da Organização Mundial de saúde com os dados fornecidos até 16 de Dezembro.

Este jovem médico luta no centro de tratamento em Serra Leoa contra o surto, sem equipamento de proteção sem pessoas formadas e com salários não pagos.

“Não temos equipamento sofisticado, não temos todas as coisas que as pessoas precisam para lutar contra o Ebola. Aqui temos de improvisar o tempo todo.Tentamos fazer o nosso melhor. Estas pessoas apoiam-nos. Mesmo sem serem pagas. Eles estão estão prontos para arriscar a vida pelo seu país.

Desde 17 de dezembro, data da publicação do relatório o número de mortes registadas foi de 458 na Serra Leoa.