Última hora

Última hora

Mercados tremem mas não caem com resultados das legislativas gregas

O resultado das legislativas na Grécia, com a vitória expressiva do partido da esquerda radical, Syriza, abalou os mercados europeus mas não por

Em leitura:

Mercados tremem mas não caem com resultados das legislativas gregas

Tamanho do texto Aa Aa

O resultado das legislativas na Grécia, com a vitória expressiva do partido da esquerda radical, Syriza, abalou os mercados europeus mas não por muito tempo.

Nas primeiras duas horas, depois da abertura, as bolsas tremeram mas acabaram por recuperar ainda que a maioria continue em terreno negativo. O índice PSI 20 arrancou a perder 1,5% mas está em recuperação. O euro chegou mesmo a cair para o nível mais baixo dos últimos 11 anos.

Ainda que, para Bruxelas, a reestruturação da dívida esteja, à partida, fora de questão, o que sustenta os mercados é a garantia de que a UE não vai deixar cair a Grécia:

“Os mercados sabem que os gregos vão, naturalmente, receber ajuda. Eles não vão desistir porque isso pode significar uma ameaça à existência da zona euro e à diplomacia financeira da UE. Vai ser encontrado um qualquer tipo de compromisso, que não passe por perdoar a dívida”, explica Robert Halver do Baader Bank.

A reestruturação da dívida grega poderá estar, para o Banco Central Europeu, fora de questão mas o BCE está disponível para compensar as perdas dos bancos gregos e muitos vão aproveitar essa ajuda mas talvez não para ajudar a economia grega a recuperar, o que é fundamental para que o país saia do buraco em que se encontra.