Última hora

Última hora

Cuba: Fidel Castro não confia nos EUA mas apoia solução pacífica

Fidel Castro afirmou “não ter confiança nos Estados Unidos” apesar de apoiar a “solução pacífica” e “negociada”. Numa mensagem dirigida aos

Em leitura:

Cuba: Fidel Castro não confia nos EUA mas apoia solução pacífica

Tamanho do texto Aa Aa

Fidel Castro afirmou “não ter confiança nos Estados Unidos” apesar de apoiar a “solução pacífica” e “negociada”.

Numa mensagem dirigida aos estudantes da Universidade de Havana, o antigo presidente cubano afirma ainda que “Defender a paz é um dever de todos. Qualquer solução pacífica e negociada para os problemas entre os Estados Unidos e os povos – ou qualquer povo da América Latina – que não implique o uso da força deverá ser tratada de acordo com os princípios e normas internacionais”.

Na mesma missiva, Fidel Castro afirma “Defender sempre a cooperação e a amizade com todos os povos do mundo, incluindo os adversários políticos”.

Esta é a primeira vez que Fidel Castro se pronuncia publicamente sobre a aproximação diplomática entre Cuba e Estados Unidos, anunciada em dezembro pelos presidentes norte-americano e cubano, Barack Obama e Raúl Castro, respetivamente.

Fidel Castro, que não surge em público há mais de um ano, avistou-se em julho do ano passado com Vladimir Putin quando este visitou Cuba com o objetivo de reforçar os laços políticos e económicos entre os dois países. Nessa visita, o presidente russo perdoou cerca de 90% da dívida cubana à antiga União Soviética.