EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Cuba: Fidel Castro não confia nos EUA mas apoia solução pacífica

Cuba: Fidel Castro não confia nos EUA mas apoia solução pacífica
Direitos de autor 
De  Fernando Peneda com Lusa
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Fidel Castro afirmou “não ter confiança nos Estados Unidos” apesar de apoiar a “solução pacífica” e “negociada”. Numa mensagem dirigida aos

PUBLICIDADE

Fidel Castro afirmou “não ter confiança nos Estados Unidos” apesar de apoiar a “solução pacífica” e “negociada”.

Numa mensagem dirigida aos estudantes da Universidade de Havana, o antigo presidente cubano afirma ainda que “Defender a paz é um dever de todos. Qualquer solução pacífica e negociada para os problemas entre os Estados Unidos e os povos – ou qualquer povo da América Latina – que não implique o uso da força deverá ser tratada de acordo com os princípios e normas internacionais”.

Na mesma missiva, Fidel Castro afirma “Defender sempre a cooperação e a amizade com todos os povos do mundo, incluindo os adversários políticos”.

Esta é a primeira vez que Fidel Castro se pronuncia publicamente sobre a aproximação diplomática entre Cuba e Estados Unidos, anunciada em dezembro pelos presidentes norte-americano e cubano, Barack Obama e Raúl Castro, respetivamente.

Fidel Castro, que não surge em público há mais de um ano, avistou-se em julho do ano passado com Vladimir Putin quando este visitou Cuba com o objetivo de reforçar os laços políticos e económicos entre os dois países. Nessa visita, o presidente russo perdoou cerca de 90% da dívida cubana à antiga União Soviética.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Centenas de cubanos visitam navio de guerra russo

Rússia envia submarino nuclear para Cuba para reavivar diplomacia naval

ONU vota contra embargo norte-americano a Cuba