Última hora

Última hora

Tsipras: Para quando as mudanças visíveis?

O correspondente da euronews em Atenas, *Stamatis Giannisis*, falou connosco a respeito das prioridades do novo governo.

Em leitura:

Tsipras: Para quando as mudanças visíveis?

Tamanho do texto Aa Aa

O correspondente da euronews em Atenas, Stamatis Giannisis, falou connosco a respeito das prioridades do novo governo.

Point of view

Vamos ter de esperar vários dias até termos uma noção das iniciativas políticas do novo governo.

Eleni Rizopoulou, euronews: Que significam as escolhas de Alexis Tsipras e o que representa a escolha de Yannis Varoufakis como ministro das Finanças?

Stamatis Giannisis, euronews: Os deputados do SYRIZA e quadros do partido são a espinha dorsal deste governo, embora a pasta da defesa, que é uma pasta-chave, pertença ao parceiro de governo do Sr. Tsipras, o Sr Kammenos, que é um ultraconservaor. É evidente que as escolhas de Tsipras refletem a mensagem que ele manda quer para a Grécia, quer para o estrangeiro – Que o país tem um governo completamente novo e eficiente, tal como uma agenda completamente nova em relação ao predecessor, o Sr. Samaras.

Uma escolha-chave é a do novo ministro das Finanças, o professor Varoufakis, visto como um independente, devido às opiniões que tem expressado em relação à dívida grega. O professor Varoufakis é um economista internacionalmente reconhecido e a pessoa ideal para defender o programa do SYRIZA a nível internacional.

Eleni Rizopoulou, euronews: Stamatis, depois da tomada de posse da nova equipa, quais vão ser os primeiros passos, as prioridades do governo de Alexis Tsipras?

Stamatis Giannisis, euronews: Vamos ter de esperar vários dias até termos uma noção das iniciativas políticas do novo governo. Em primeiro lugar, o parlamento tem de eleger um novo presidente e tem de haver a eleição do Presidente da República. É preciso não esquecer que a razão destas eleições antecipadas foi justamente o facto de o anterior parlamento não ter conseguido eleger um chefe de Estado.

Depois, o governo de Tsipras vai ter de apresentar o programa ao parlamento, o que implica um debate de três dias. Fazendo uma estimativa por alto, só lá para meados de fevereiro é que teremos noção das políticas do novo governo grego.