Última hora

Última hora

Ucrânia: Habitantes do leste do país vivem no fio da navalha

Em leitura:

Ucrânia: Habitantes do leste do país vivem no fio da navalha

Tamanho do texto Aa Aa

Enquanto em Minsk continuam as negociações para acabar com a crise ucraniana, no terreno continuam a morrer civis.

A cidade de Kramatorsk ainda está em choque depois do ataque de terça-feira que matou, pelo menos, quinze civis.

Aqui vive também quem abandonou Donetsk para fugir à guerra e não tem para onde ir:

“Não temos a quem recorrer ou um lugar para onde ir. Já percorremos um longo caminho, viemos de Donetsk e esperávamos que as coisas aqui estivessem melhores. Agora, vamos para onde a estrada nos levar”, desabafa uma jovem.

Enquanto o exército ucraniano tenta manter o controlo de Debaltseve, cobiçada pelos separatistas pró-russos que, em Minsk, exigiram a retirada das tropas desta cidade, toda a região de Donetsk continua a ferro e fogo.

Mas nesta guerra, que está a destruir o leste da Ucrânia, são os civis as principais vítimas.