Última hora

Em leitura:

PSG falha novo assalto à liderança, Lionel Messi ainda encontra recordes para bater


the corner

PSG falha novo assalto à liderança, Lionel Messi ainda encontra recordes para bater

O Paris Saint-Germain perdeu mais uma oportunidade para chegar ao topo da Liga francesa ao não ir além de um empate a dois na receção ao Caen. A formação de Laurent Blanc mostrou mais uma vez que um conjunto de jogadores acima da média, e pagos a peso de ouro, não faz necessariamente uma boa equipa.

Em Paris o PSG até parecia ter o controlo das operações, com dois golos de vantagem até aos 89 minutos mais ainda sobrou tempo para um balde de água gelada para os 45 mil espetadores no Parque dos Príncipes.

É verdade que a equipa não foi bafejada pela sorte. Por esta altura já tinha visto quatro jogadores sair por lesão (Cabaye, Marquinhos, Aurier e Lucas Moura) e estava reduzida a nove unidades, ainda assim poucos podiam acreditar no empate dos forasteiros.

Emiliano Sala e Hervé Bazile, na marcação de um livre direto, foram os heróis do Caen.

O empate foi duplamente amargo para os parisienses, uma vez que os três pontos teriam colocado a equipa em igualdade pontual com o Lyon na liderança. Numa jornada atípica, nenhum dos cinco primeiros classificados conseguiu vencer em França.

Mais um recorde para Messi

Em Espanha, Lionel Messi continua a brilhar. No jogo 300 com a camisola do Barcelona apontou o 31º hat-trick, igualando o recorde de Telmo Zarra. Antes, já tinha dado o primeiro a marcar a Neymar, tornando-se no recordista de assistências nos últimos 25 anos na Liga espanhola, ultrapassando os 105 passes decisivos de Luís Figo.

O resultado foi uma goleada por 5-0 frente ao Levante. Luis Suárez, com um remate acrobático, estabeleceu o resultado final.

A equipa de Luis Enrique continua a um ponto do Real Madrid, que sem brilhar recebeu e venceu o Deportivo por 2-0.

O campeão em título, Atlético de Madrid, foi derrotado em Vigo e está já a sete pontos da liderança.

Por essa Europa fora

Na Alemanha o Bayern não se cansa de bater recordes. Este sábado a equipa de Pep Guardiola festejou a maior vitória em mais de 30 anos, presenteado o Hamburgo com uma goleada das antigas: 8-0!

Na Turquia, o Beşiktaş tem vindo a sair da sombra de Galatasaray e Fenerbahçe sob o comando de Slaven Bilić. A aposta do técnico croata na juventude tem dado frutos, com o clube a liderar a liga turca após vinte jornadas com onze vitórias nos últimos doze jogos.

Após quatro vitórias consecutivas o Nápoles regressou aos maus resultados. Foi derrotado por três bolas a uma em Palermo e perdeu uma oportunidade de ouro para se aproximar das equipas da frente, uma vez que Roma e Juventus empataram os seus encontros.

A equipa da capital não foi além de um nulo na receção ao lanterna vermelha Parma, a formação de Turim empatou a dois na deslocação ao terreno do Cesena.

Provavelmente estamos errados

Um dos maiores encantos do futebol prende-se com a imprevisibilidade dos resultados mas nem por isso deixamos de tentar adivinhar. Esta semana nos nossos prognósticos damos destaque ao regresso da Liga dos campeões, já esta terça-feira.

Nunca há uma boa altura para defrontar o Chelsea, mas em plena onda de lesões e com uma crise de resultados, o Paris Saint-Germain não deverá ter grande sorte na receção aos ingleses. Apostamos no triunfo da equipa de José Mourinho por 2-1, o mesmo resultados com que acreditamos que o Porto se vai impor em Basileia.

Acha que estamos errados? Não hesite em apontar-nos o dedo nas redes sociais, usando a hashtag #TheCornerScores

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

the corner

Em Madrid manda o Atlético, em França a luta é a três