Última hora

Última hora

Austrália não desiste dos dois condenados à morte na Indonésia

Camberra insiste no recuo do governo de Jacarta na execução dos traficantes de droga Andrew Chan e Myuran Sukumaran

Em leitura:

Austrália não desiste dos dois condenados à morte na Indonésia

Tamanho do texto Aa Aa

É o tudo por tudo para salvar os dois australianos condenados por tráfico de droga que a Indonésia se prepara para executar. O pedido de clemência foi recusado, mas a defesa acredita que os procedimentos legais não foram respeitados e já fez saber que pretende recorrer da decisão.

“Há algumas questões muito complicadas que têm de ser contestadas na audição, sobretudo, de caráter jurisdicional. Mas há, também, outros pontos ligados aos pedidos de clemência do Andrew e Myuran que foram recusados” afirma Michael O’Connell, cônsul australiano em Bali.

A Austrália opõe-se à pena de morte e organizou esta, quarta-feira, vigílias em várias cidades do país. A maior ocorreu em Melbourne: reuniu líderes políticos, músicos e cidadãos anónimos. Juntos apelaram, mais uma vez à misericórdia da Indonésia.