Última hora

Última hora

O "Melhor Aprendiz de França" é um imigrante ilegal

Armando Curri, um jovem albanês de 19 anos, sem documentos, enfrentava uma ordem para abandonar o território francês. Mas, entretanto, venceu o concurso de "Melhor Aprendiz de França" e as coisas come

Em leitura:

O "Melhor Aprendiz de França" é um imigrante ilegal

Tamanho do texto Aa Aa

Esta é a insólita história de Armando Curri, um jovem albanês de 19 anos, sem documentos, que enfrentava uma ordem para abandonar o território francês. Mas, entretanto, venceu o concurso de “Melhor Aprendiz de França” e as coisas começaram a mudar.

Point of view

Se tivermos vontade e coragem, tudo podemos alcançar.

O jovem afirma que, “se tivermos vontade e coragem, tudo podemos alcançar”. Diz que o patrão viu essa “coragem” nele e deu-lhe emprego, mesmo não falando bem francês.

Depois de o presidente do Senado ter, num primeiro momento, recusado entregar a medalha ao carpinteiro, os senadores socialistas da região do Loire conseguiram que Curri recebesse uma autorização provisória de residência e agora, o conservador Gérard Larcher (UMP), presidente do Senado, não hesita em afirmar que examinou o dossier e que tomou a “decisão de acolher o jovem, porque ele é o símbolo de sucesso e porque também conta com o apoio dos formadores e porque o melhor trabalhador de França representa um certo número de valores.”

Politiquices à parte, Curri, que está a tirar uma formação profissional, tem agora mais 3 meses para tentar regularizar a sua situação.

Entretanto, já sonha em talhar madeira como a que viu esta quarta-feira no Senado, coberta “de ouro por todos lados e extremamente bela. Talvez um dia…”