Última hora

Última hora

Rússia: Polícia detém dois suspeitos de estarem envolvidos no assassinato de Boris Nemtsov

A polícia russa deteve, este sábado, dois suspeitos de estarem envolvidos no assassinato do líder da oposição, Boris Nemtsov, no dia 27 de fevereiro

Em leitura:

Rússia: Polícia detém dois suspeitos de estarem envolvidos no assassinato de Boris Nemtsov

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia russa deteve, este sábado, dois suspeitos de estarem envolvidos no assassinato do líder da oposição, Boris Nemtsov, no dia 27 de fevereiro, numa ponte perto do Kremlin, em Moscovo.

O anúncio foi feito pelo diretor dos Serviços de Segurança Federais da Rússia, Alexander Bortnikov: “gostaria de informar que foram detidos dois suspeitos deste crime. Os seus nomes são Gubashev Anzor e Dadaev Zaur.”

As forças de segurança avançaram com a detenção depois de terem analisado vários vídeos de câmaras de segurança do local e de um vídeo de uma câmara num automóvel.

O vídeo foi divulgado, esta semana, por uma jornalista de uma rádio moscovita.

O vídeo mostra duas pessoas a andar na Grande Ponte de Pedra e aquele que parece ser o momento do assassinato do oposicionista do regime de Vladimir Putin.

Boris Nemtsov, de 55 anos, era um reconhecido crítico do regime do Kremlin, e defensor da luta anticorrupção. Foi assassinado com quatro tiros nas costas, quando seguia a pé com a namorada, ucraniana, depois de ter dado uma entrevista a uma rádio sobre a marcha de protesto que estava a organizar.