Última hora

Última hora

Ucrânia e Rússia trocam acusações em Washington

Washington também serve de palco para a troca de acusações entre a Ucrânia e a Rússia. A capital dos Estados Unidos acolheu uma conferência da

Em leitura:

Ucrânia e Rússia trocam acusações em Washington

Tamanho do texto Aa Aa

Washington também serve de palco para a troca de acusações entre a Ucrânia e a Rússia.

A capital dos Estados Unidos acolheu uma conferência da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa, onde o conflito ucraniano ocupou grande parte da ordem do dia.

O encontro foi aproveitado tanto pelo embaixador russo como pelo homólogo ucraniano para repetir as posições de Moscovo e Kiev.

Sergey Kislyak disse que “o que é descrito como uma agressão russa é, na realidade, uma agressão do governo da Ucrânia contra o seu povo. Aconselho os nossos amigos a não falsearem o que se está a passar no terreno: as forças governamentais estão a matar cidadãos ucranianos”.

Se o representante russo não poupou nas palavras, o embaixador ucraniano também respondeu na mesma moeda.

Oleksandr Motsyk afirmou que “é um mito criado pelo Kremlin e que a Rússia utiliza constantemente para criar problemas na Ucrânia. Uma Ucrânia independente e democrática não é uma opção para o Kremlin”.

A conferência da OSCE em Washington tinha por objetivo tentar apresentar soluções para os conflitos em curso mas, pelo menos no caso ucraniano, não parece tido qualquer efeito.

O correspondente da euronews, Stefan Grobe, diz que “se a linguagem corporal servir de indício, a Ucrânia e a Rússia estão longe de qualquer entendimento. Ambos os embaixadores evitaram olhar-se nos olhos, mesmo quando deram um hesitante aperto de mão. Mas pelo menos mantiveram o civismo”.