Espanha: Mariano Rajoy desmistifica derrotado PP na Andaluzia

Access to the comments Comentários
De  Fernando Peneda  com Lusa/APTN
Espanha: Mariano Rajoy desmistifica derrotado PP na Andaluzia

<p>O chefe do Governo espanhol e presidente do Partido Popular (PP), Mariano Rajoy, afirmou esta segunda-feira perante a cúpula do partido que a derrota clara do PP nas eleições na Andaluzia, em que perdeu 17 deputados, não é extrapolável para o resto de Espanha.</p> <p>O Partido Socialista Operário Espanhol (<span class="caps">PSOE</span>) ganhou as eleições conseguindo 47 lugares, o que não lhe dá maioria absoluta.</p> <p>O PP perdeu votos sobretudo para os emergentes Podemos e Ciudadanos, que se apresentaram pela primeira vez a votos na Andaluzia.</p> <p>“Em tempo de crise não é tarefa fácil governar, seja quem for a fazê-lo. Além disso há dois novos partidos, o que, logicamente, nos afeta”, disse Carlos Floriano, porta-voz do PP.</p> <p>Os partidos emergentes, o Podemos e o Ciudadanos, conseguiram quase 25% dos votos, um resultado que, ainda assim, é insuficiente para decretar “a morte do bipartidarismo”.</p> <p>Na sua estreia em eleições para órgãos de soberania, o partido de Pablo Iglesias conseguiu eleger 15 deputados na Andaluzia e o Ciudadanos, formação de Albert Rivera, obteve nove assentos.</p>