Última hora

Última hora

Germanwings: Lutftansa sem explicações para ato do copiloto

O presidente-executivo da Lufthansa, Carsten Spohr, não encontra nenhuma explicação para o que terá levado o copiloto do avião da Germanwings a

Em leitura:

Germanwings: Lutftansa sem explicações para ato do copiloto

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente-executivo da Lufthansa, Carsten Spohr, não encontra nenhuma explicação para o que terá levado o copiloto do avião da Germanwings a provocar a queda do aparelho. Andreas Lubitz, de 28 anos, tinha sido considerado apto e capacitado para pilotar um Airbus A320.

No entanto, o patrão da companhia alemã, revelou que o copiloto tinha efetuado “uma interrupção prolongada durante a formação, há seis anos”. Quando retomou a formação foram feitos novos testes técnicos, médicos e psicológicos e o instruendo foi considerado “apto a 100 por cento”. Carsten Spohr esclareceu ainda que a ficha médica de Andreas Lubitz se encontra sob sigilo profissional e que só a justiça pode aceder ao dossier e divulgar os dados que entender.

Para o presidente-executivo da companhia aérea alemã trata-se de um caso isolado que nenhum procedimento de segurança poderia evitar. Carsten Spohr sublinhou que mantém a confiança no pessoal do grupo Lufthansa.