This content is not available in your region

Lubitz enfrentava uma "pesada crise amorosa"

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Lubitz enfrentava uma "pesada crise amorosa"

<p>As informações recolhidas nas buscas realizadas pelos procuradores em Dusseldorf, nas duas residências de Andreas Lubitz, trouxeram alguma luz ao macabro suicídio do copiloto.</p> <p>Os documentos apreendidos mostram indícios da doença psíquica de Lubitz, de 28 anos, e um “grave episódio de depressão” em 2009.</p> <p>Depois de ter passado por um tratamento psiquiátrico durante um ano e meio, Lubitz estabilizou, mas recentemente estaria no meio de “uma pesada crise no relacionamento com a namorada que o atingiu profundamente”, segundo revelou a imprensa alemã.</p> <p>As conclusões preliminares da Procuradoria de Marselha indicam que Lubitz fez cair de maneira “deliberada” o avião. Outras fontes afirmam que o “transponder” da aeronave foi reprogramado para perder altitude: de 38 mil pés para 100 pés, o mínimo possível. </p> <p>No local do acidente, apesar do forte vento que atingiu o maciço de Trois-Evechès, as buscas foram retomadas. A operação pode durar várias semanas.</p>