Última hora

Última hora

EUA: Polícia acusado do assassínio de um afro-americano desarmado

A justiça norte-americana acusou um polícia branco do assassínio de um afro-americano, no sábado, em North Charleston, na Carolina do Sul. A decisão

Em leitura:

EUA: Polícia acusado do assassínio de um afro-americano desarmado

Tamanho do texto Aa Aa

A justiça norte-americana acusou um polícia branco do assassínio de um afro-americano, no sábado, em North Charleston, na Carolina do Sul.

A decisão foi anunciada esta quarta-feira, horas depois da revelação de um vídeo que mostra o agente de 33 anos a disparar sobre um homem aparentemente desarmado e em fuga, após um controlo de tráfego.

Para o presidente da Câmara de North Charleston, Keith Summey, “Independentemente de ser polícia ou cidadão, quando alguém toma uma má decisão deve responder por ela. E em nome da cidade quero dizer à família da vítima que partilhamos a sua dor neste momento”.

A acusação de assassínio contra o agente da ordem surge depois da divulgação do vídeo do incidente, captado por uma testemunha, no sábado.

As imagens mostram como o polícia abate com vários tiros Walter Scott de 50 anos, em fuga, depois de ter sido interpelado ao volante por uma avaria nas luzes dos travões.

Uma situação inaceitável para a família da vítima:

“O que aconteceu hoje é uma situação rara. Se não existisse este vídeo, sem uma testemunha que denunciasse a situação, tudo isto não seria possível. O primeiro relato dos acontecimentos falava de uma situação totalmente diferente em que Walter Scott teria atacado o polícia com um taser”.

O departamento de justiça norte-americanao e o FBI abriram duas investigações separadas ao incidente, que volta a ensombrar a atuação da polícia depois da morte do adolescente Michael Brown em Ferguson, no Missouri.