Última hora

Última hora

Suspeito de homicídios em tribunal de Milão está detido

Foi uma manhã agitada num tribunal de Milão. Um homem armado entrou no edifício e numa sala de audiências, onde decorria uma sessão, matou a tiro um

Em leitura:

Suspeito de homicídios em tribunal de Milão está detido

Tamanho do texto Aa Aa

Foi uma manhã agitada num tribunal de Milão. Um homem armado entrou no edifício e numa sala de audiências, onde decorria uma sessão, matou a tiro um juiz, um advogado e um réu.

Uma quarta pessoa foi encontrada sem vida numas escadas, mas sem sinais de violência.

Depois dos crimes, o atirador escondeu-se nas instalações judiciais durante cerca de uma hora, antes de fugir numa mota.

“Vi um rapaz no chão, coitado, tinha apenas 20 anos. Foi baleado abaixo do coração. Provavelmente, estava na trajetória da bala. E o advogado do assaltante olhou para mim e mostrou-me outros dois corpos no chão perto das grades onde estão geralmente os réus”, afirma um advogado, testemunha.

O suspeito, Claudio Giardello, de 57 anos, foi capturado pelas autoridades hora e meia depois, a cerca de 30 quilómetros do local do crime.

Enfrenta vários processos judiciais, incluindo um por falência fraudulenta.

Pensa-se que evitou o detetor de metais do tribunal ao entrar pela zona reservada aos magistrados.