Última hora

Última hora

Liga dos Campeões: Mónaco perde em Turim, em Madrid tudo a zeros

Primeira mão dos quartos de final da Liga dos Campeões abre com apenas um golo: marcou Arturo Vidal, de penálti, para a Juventus

Em leitura:

Liga dos Campeões: Mónaco perde em Turim, em Madrid tudo a zeros

Tamanho do texto Aa Aa

E ao sétimo duelo desta época, o Real de Madrid continua sem vencer o Atlético de Madrid. Na primeira mão dos quartos-de-final da Liga dos Campeões, que reeditou a final da prova na época passada, os “merengues” andaram muito perto do golo, mas não foram felizes. Em Turim, a Juventus venceu o Mónaco, por 1-0.

O nulo do dérbi de Madrid deixa tudo em aberto para a segunda mão, no Santiago Bernabéu. No balanço dos duelos na presente temporada, os campeões espanhóis continuam com larga vantagem sobre os campeões europeus: quatro vitórias, três empates e zero derrotas.

Tiago ficou no banco do Atlético, Pepe no do Real. Cristiano Ronaldo foi o único português em campo, no Vicente Calderón.

Em Turim, depois de já ter ficado um lance polémico por assinalar na área da Juventus, aos 39 minutos, um lance entre Ricardo Carvalho e Álvaro Morata, aos 56, foi sancionado pelo auxiliar do árbitro checo Pavel Královec como grande penalidade.

O lance deixou algumas dúvidas — se é de facto falta, se é fora ou dentro da área. Leonardo Jardim diz que não era penálti. Arturo Vidal não quis saber. O chileno marcou o único golo do jogo e permite à Juventus ir ao Principado em vantagem.

Para além de Carvalho, também João Moutinho foi titular no Mónaco. Bernardo Silva foi aposta de Leonardo Jardim na segunda parte e também andou perto do golo, mas os monegascos não foram felizes.

Os jogos da segunda mão estão marcados para a próxima semana, a 22 de abril.