Última hora

Última hora

Polónia proíbe entrada de "motards" russos

Um grupo de vinte “motards” saiu, este sábado de Moscovo, na Rússia, rumo a Berlim, na Alemanha. Os “Lobos da Noite” pretendem, assim, assinalar o

Em leitura:

Polónia proíbe entrada de "motards" russos

Tamanho do texto Aa Aa

Um grupo de vinte “motards” saiu, este sábado de Moscovo, na Rússia, rumo a Berlim, na Alemanha.

Os “Lobos da Noite” pretendem, assim, assinalar o 70° aniversário da vitória do exército vermelho sobre a Alemanha Nazi.

A Polónia já fez conhecer às autoridades russas que os “motards” vão ser impedidos de entrar no país, alegando razões de segurança.

A medida não amedronta o grupo. O líder, Alexander “o cirurgião” Zaldostanov, garante que têm o apoio das pessoas e que “trinta mil ‘motards’ polacos expressaram a sua solidariedade”.

Os “Lobos da Noite” iniciaram a viagem de 6 mil quilómetros e pretendem passar pela Bielorrússia, Polónia, República Checa, Eslováquia, Áustria, e Alemanha. Planeiam chegar à capital germânica a 9 de maio.

Caso seja mesmo impedido de atravessar a Polónia o grupo já fez saber que pretende contornar a proibição optando por atravessar, individualmente, a fronteira em vários pontos, reagrupando-se depois já dentro do país.

“Os Lobos da Noite” foram o primeiro clube “motard” a ser criado na Rússia, são conhecidos pelas ideologias nacionalistas e acredita-se que tenham participado na anexação da Crimeia pela Rússia.