Última hora

Última hora

A importância dos escoceses nas legislativas britânicas

Numa das mais renhidas eleições legislativas britânicas, o Partido Nacionalista Escocês (SNP) pode ter um papel decisivo na formação de uma aliança

Em leitura:

A importância dos escoceses nas legislativas britânicas

Tamanho do texto Aa Aa

Numa das mais renhidas eleições legislativas britânicas, o Partido Nacionalista Escocês (SNP) pode ter um papel decisivo na formação de uma aliança governativa maioritária.

Contudo, o espetro da independência da Escócia e o “não” ao nuclear conferem à formação de Nicola Sturgeon o rótulo de “parceiro indesejável” tanto para os Conservadores como para os Trabalhistas.

“Como muitos outros decidi limpar Westminster porque não trabalham para o povo mas sim para os banqueiros e para os ricos”, disse um habitante de Glasgow.

Conservadores e Trabalhistas poderão ter que rever os cálculos para a formação de um governo maioritário.

“O Partido Conservador fez uma campanha de demonização contra o SNP, ou seja, jogou com os medos dos ingleses. O Partido Trabalhista teve de responder a isso dizendo ‘não se preocupem, não queremos o apoio do SNP’.
Creio que a aritmética parlamentar, os poderá fazer mudar de opinião”, sublinhou Duncan Ross, analista político da Universidade de Glasgow.

Se nenhum dos grandes partidos obter uma maioria, as conversações com os partidos mais pequenos começarão sexta-feira.

Isso poderá levar a uma coligação idêntica à dos últimos cinco anos, ou a um governo de minoria frágil, que fará cedências para garantir apoio em pontos-chave.