Última hora

Em leitura:

Líbia: Governo rebelde apela à "mobilização" contra o avanço do grupo EI


Líbia

Líbia: Governo rebelde apela à "mobilização" contra o avanço do grupo EI

O governo rebelde da Líbia apelou a uma “mobilização urgente” contra o grupo Estado Islâmico (EI), depois do grupo islamita ter reivindicado um atentado suicida, este domingo, nos arredores da cidade de Misrata.

Pelo menos cinco pessoas morreram e oito ficaram feridas na sequência de um atentado com uma viatura armadilhada contra um posto de controlo a oeste da cidade, controlada pelas milícias da “Aurora Líbia”, que contestam o governo reconhecido internacionalmente, baseado em Tobruk.

O líder do executivo da “Aurora Líbia”, Khalifa Ghwell, que desde o verão passado controla a capital, declarou, “nós vamos apoiar o exército, a polícia e as forças revolucionárias no combate contra estes hereges que chegaram à Líbia afirmando que representam o Islão. Pois o Islão não os reconhece”.

O atentado em Misrata ocorre num momento em que o braço líbio do grupo Estado Islâmico controla, desde sexta-feira, o aeroporto de Sirte, na cidade natal de Muamar Kadafi, depois de ter ocupado várias localidades no leste do país, aproveitando-se do conflito entre os dois executivos rivais líbios.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Iémen: Arábia Saudita faz novos ataques