Última hora

Última hora

Canadá: Fabricantes de tabaco condenados a pagar 11 mil milhões a fumadores

A justiça canadiana condenou três fabricantes de tabaco a pagar 11 mil milhões de dólares de indemnizações a cerca de um milhão de fumadores naquela

Em leitura:

Canadá: Fabricantes de tabaco condenados a pagar 11 mil milhões a fumadores

Tamanho do texto Aa Aa

A justiça canadiana condenou três fabricantes de tabaco a pagar 11 mil milhões de dólares de indemnizações a cerca de um milhão de fumadores naquela que é a maior ação judicial coletiva de sempre no país.

As três empresas, Imperial Tobacco, Rothmans, Benson & Hedges e JTI-Macdonald foram reconhecidas culpadas pelo Supremo Tribunal do Quebeque de, “terem preferido o lucro em deterimento da saúde dos fumadores”, ao terem ocultado os riscos do consumo de tabaco.

“Foi um processo longo mas conseguimos chegar ao fim, e é uma grande vitória para as vítimas de contra os fabricantes de tabaco”, afirma o responsável do Conselho do Tabaco e da Saúde do Quebeque.

Uma vitória, com alguma amargura, também para a mulher de Jean-Yves Blais, um dos primeiros a iniciar o processo contra as tabaqueiras há 17 anos e que faleceu em 2012, vítima de cancro de pulmão, aos 68 anos de idade.

“Já pararam para pensar o que é um cigarro? É algo que te destrói e que destrói totalmente a saúde”.

As três companhias já anunciaram que vão apresentar recurso da decisão, indicando que há mais de 40 anos que os consumidores são informados dos riscos dos tabacos nas embalagens do produto.

O recurso não evita o pagamento de uma indemnização inicial de 728 mil euros que deverá ser distribuída entre as vítimas.