Última hora

Última hora

Suiça: Cientistas do CERN sondam a "nova física"

O maior acelerador de partículas do mundo, o LHC do Conselho Europeu de Pesquisa Nuclear – CERN iniciou hoje uma nova fase de experiências. O Grande

Em leitura:

Suiça: Cientistas do CERN sondam a "nova física"

Tamanho do texto Aa Aa

O maior acelerador de partículas do mundo, o LHC do Conselho Europeu de Pesquisa Nuclear – CERN iniciou hoje uma nova fase de experiências.

O Grande Colisionador de Hadrões situado num túnel de 27 quilómetros de circunferência na fronteira franco-suíca pretende obter dados para compreender os mistérios da matéria a ponto de poder ser criada uma nova “Física”.

O porta-voz, Dave Charlton explica: “Isso significa que nós podemos sondar a energias mais elevada para produzir partículas de massa superiores. É um grande paso na sensibilidade e possivelmente uma nova física”.

Num teste realizado em maio foi atingido pela primeira vez um nível recorde de energia. A cada segundo ocorrem mais de um bilião de colisões, gerando avalanches de partículas nos detentores.

O LHC confirmou, em 2012, a existência do Bosão de Higgs, também conhecido como “partícula de Deus”, que, para os físicos, é considerada a chave mestra da estrutura fundamental da matéria.

Os cientistas do CERN esperam descobrir novas partículas, que poderão alterar a compreensão do Universo, e irão sondar a supersimetria, um conceito teórico que procura explicar a matéria escura e a matéria invisível.