Última hora

Última hora

Eleições na Turquia: Festa curda de Istambul a Diarbaquir

O Partido Democrático do Povo (HDP) consegue 13 por cento dos votos e garante pela primeira vez entrada no parlamento turco. O Partido da Justiça e desenvolvimento (AKP) voltou a vencer, mas perdeu a

Em leitura:

Eleições na Turquia: Festa curda de Istambul a Diarbaquir

Tamanho do texto Aa Aa

É verdade que o Partido Democrático do Povo (HDP) não ganhou, nem sequer foi dos três partidos mais votados, mas o resultado alcançado por esta formação pró-curda teve na mesma o travo de uma enorme vitória. A festa protagonizada pelos seus apoiantes, de Istambul a Diarbaquir, reflete esse sentimento.

Point of view

Apesar da campanha e dos ataques contra nós realizados por um partido político, o partido do governo que teve todos os recursos do Estado, nós conseguimos uma fantástica vitória



Com os cerca de 13 por cento de votos conseguidos, o HDP vai estar representado pela primeira vez no parlamento turco e o líder, Selahattin Demirtas, partilha o triunfo com todos os que terão contribuído para este golpe no partido do Governo.

“Apesar da campanha e dos ataques contra nós realizados por um partido político, o partido do governo que teve todos os recursos do Estado, nós conseguimos uma fantástica vitória. É um enorme sucesso para os oprimidos, para os desfavorecidos, para o povo e para a classe operária da Turquia, que sempre quiseram a paz, a justiça e a liberdade”, afirmou Demirtas, durante o discurso de celebração deste resultado histórico.

Em Diarbaquir, conhecida como a capital do Curdistão turco, no sudeste do país, a festa foi de arromba. Os 79 assentos parlamentares conquistados pelo HDP tiveram até direito a fogo de artifício.