Playmobil choram morte do criador

Access to the comments Comentários
De  João Peseiro Monteiro  com AFP, EFE
Playmobil choram morte do criador

<p>Os <em>Playmobil</em> estão de luto. O criador dos bonecos que encantam as crianças há quatro décadas faleceu no dia 3 de junho, aos 81 anos. O anúncio foi feito esta segunda-feira.</p> <p>Horst Brandstätter era o patrão de uma empresa familiar que nos anos 70, perante as dificuldades criadas pela crise pretrolífera, pediu ao desenhador-chefe da empresa para criar um jogo novo em que se pudesse fazer o máximo de coisas com o mínimo de plástico.</p> <p>Apegado às suas criações e aos seus trabalhadores recusou sempre deslocalizar a produção. Dizia que assim não podia controlar o que se fazia nas suas fábricas.</p> <p>A vida empresarial começou pouco depois de entrar na companhia que era gerida pelos dois tios, em 1952, como criador de moldes. Dois anos depois, tinha apenas 21 anos, tornou-se acionista e deu início à mudança.</p> <p>Os <em>Playmobil</em> salvaram a companhia da falência. A Geobra Brandstatter é a maior fabricante alemã de brinquedos, tem quatro mil empregados e em 2014 faturou 595 milhões de euros.</p>