EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Playmobil choram morte do criador

Playmobil choram morte do criador
Direitos de autor 
De  João Peseiro Monteiro com AFP, EFE
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os Playmobil estão de luto. O criador dos bonecos que encantam as crianças há quatro décadas faleceu no dia 3 de junho, aos 81 anos. O anúncio foi

PUBLICIDADE

Os Playmobil estão de luto. O criador dos bonecos que encantam as crianças há quatro décadas faleceu no dia 3 de junho, aos 81 anos. O anúncio foi feito esta segunda-feira.

Horst Brandstätter era o patrão de uma empresa familiar que nos anos 70, perante as dificuldades criadas pela crise pretrolífera, pediu ao desenhador-chefe da empresa para criar um jogo novo em que se pudesse fazer o máximo de coisas com o mínimo de plástico.

Apegado às suas criações e aos seus trabalhadores recusou sempre deslocalizar a produção. Dizia que assim não podia controlar o que se fazia nas suas fábricas.

A vida empresarial começou pouco depois de entrar na companhia que era gerida pelos dois tios, em 1952, como criador de moldes. Dois anos depois, tinha apenas 21 anos, tornou-se acionista e deu início à mudança.

Os Playmobil salvaram a companhia da falência. A Geobra Brandstatter é a maior fabricante alemã de brinquedos, tem quatro mil empregados e em 2014 faturou 595 milhões de euros.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Alternativa para a Alemanha fica em terceiro lugar nas eleições autárquicas na Turíngia

"Acordemos". Macron alerta para os "maus ventos" da extrema-direita em discurso na Alemanha

Parlamento alemão debate violência no país e condena ataque contra Robert Fico