Última hora

Última hora

Putin tenta quebrar isolamento com visita a Itália

O presidente russo Vladimir Putin tenta quebrar o isolamento de Moscovo com uma visita a Itália. Recebido esta quarta-feira pelo primeiro-ministro

Em leitura:

Putin tenta quebrar isolamento com visita a Itália

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente russo Vladimir Putin tenta quebrar o isolamento de Moscovo com uma visita a Itália.

Recebido esta quarta-feira pelo primeiro-ministro italiano Matteo Renzi na Exposição Universal de Milão, Putin não deixou passar a oportunidade para lembrar que; em nome dos interesses económicos e políticos, a Itália tem de conservar relações de amizade com a Rússia.

“A Itália é hoje um dos nossos parceiros comerciais mais importantes na Europa, um grande investidor na economia russa. Trabalhamos juntos a nível internacional, num esforço para ter em conta e respeitar os interesses de ambos os países”, disse o presidente da Federação Russa.

Renzi enfrenta críticas internas dos seus adversários políticos pela contradição entre a adesão de Roma às sanções impostas a Moscovo e o acolhimento mostrado a Putin. Uma contradição que se explica com a necessidade de suavizar as consequências negativas que as sanções têm para as empresas italianas que investem na Rússia.

Na agenda do presidente russo em Milão está um encontro com o diretor executivo do grupo petrolífero italiano ENI, Claudio Descalzi. As sanções impostas à Rússia afetaram projetos da energética italiana e Descalzi defende que a Itália precisa de soluções alternativas na área da segurança energética que a Rússia pode oferecer.

Depois da passagem pela capital da Lombardia, Vladimir Putin seguirá para Roma, onde será recebido pelo presidente Sergio Mattarella e pelo papa Francisco.