Última hora

Em leitura:

Estado Islâmico destrói mausoléus na cidade histórica de Palmira


Síria

Estado Islâmico destrói mausoléus na cidade histórica de Palmira

Os combatentes do auto designado Estado Islâmico explodiram dois mausoléus muçulmanos na cidade histórica de Palmira, na Síria.

Os jihadistas destruíram os túmulos de Mohammed bin Ali, descendente de um primo do profeta Maomé, e de Nizar Abu Bahaaeddine, figura religiosa de Palmira.

Mas o diretor de Antiguidades e Museus da Síria revelou que as ruínas greco-romanas da cidade estão intactas, apesar de o grupo ter colocado aí explosivos nos últimos dias. As ruínas estão na lista do Património da Humanidade da UNESCO.

Os jihadistas assumiram o controlo da cidade há cerca de um mês.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Turquia: Parlamento reabre com mais mulheres e uma difícil coligação no horizonte