Última hora

Última hora

Vaga de calor mata 780 pessoas no Paquistão

Foi declarado o estado de emergência nos hospitais de Karachi, no Paquistão, onde já morreram 780 pessoas, vítimas de uma vaga de calor. Há quatro

Em leitura:

Vaga de calor mata 780 pessoas no Paquistão

Tamanho do texto Aa Aa

Foi declarado o estado de emergência nos hospitais de Karachi, no Paquistão, onde já morreram 780 pessoas, vítimas de uma vaga de calor.

Há quatro dias que os habitantes da capital se debatem com temperaturas elevadas, numa altura em que há grandes cortes de eletricidade e se cumpre o Ramadão. No fim de semana, os termómetros marcaram 44° Celsius.

“Normalmente, na urgência, vemos entre 1100 a 1200 doentes em 24 horas. Nesta altura do ano chegámos a ver entre 1800 e 1900 pacientes em 24 horas, o que é um número muito elevado”, diz Seemi Jamali, chefe do serviço de Urgências do Jinnah Postgraduate Medical Center.

O Governo decretou um feriado esta quarta-feira, para que as pessoas possam ficar em casa e tentar evitar o calor.

Muitas das mortes foram causadas por desidratação. Equipas de salvamento têm estado a distribuir sumos e água à população.