Última hora

Última hora

Taxistas de Lyon marcaram novo protesto contra Uber

Em leitura:

Taxistas de Lyon marcaram novo protesto contra Uber

Taxistas de Lyon marcaram novo protesto contra Uber
Tamanho do texto Aa Aa

Perto de 500 taxistas da cidade de Lyon participaram no protesto nacional contra o Uber. Os motoristas partiram de vários pontos da cidade e convergiram para o bairro onde se situa a sede local da empresa americana. O representante da federação dos taxistas independentes, Pascal Wilder, explica as razões do protesto:

“Estamos zangados porque existe uma aplicação americana, o Uber, que gera trabalho não-declarado e que, muito simplesmente, nos rouba o trabalho. Queremos que isto pare. Infelizmente chegámos a este estado porque todas as negociações que tivemos com o governo não deram em nada.”

Os taxistas agendaram um novo protesto rodoviário para 3 de julho, dia da partida das férias de verão para milhares de pessoas, se a aplicação não for retirada do mercado.

Mas os motoristas do Uber justificam o serviço:

“Tente apanhar um táxi à meia-noite, um que aceite um cartão bancário, um que faça uma pequena corrida ou que simplesmente o queira levar onde desejar, vai ver que é impossível encontrar um táxi. Conseguir um táxi à noite tornou-se um luxo” – explicou um chofer que quis manter o anonimato

A polícia fez nove detenções esta quinta-feira, seis taxistas por alegadas agressões e três motoristas do Uber por exercício ilegal da atividade de táxi.