Última hora

Última hora

Grécia: Fluxo turístico sem grandes alterações

Preocupada, mas otimista, a grande maioria dos turistas continua as suas férias na Grécia de acordo com o que tinha planeado. Apesar de ultrapassadas

Em leitura:

Grécia: Fluxo turístico sem grandes alterações

Tamanho do texto Aa Aa

Preocupada, mas otimista, a grande maioria dos turistas continua as suas férias na Grécia de acordo com o que tinha planeado.

Apesar de ultrapassadas algumas das dificuldades em levantar dinheiro nas caixas automáticas, continuam no entanto um pouco receosos das greves e de confrontos durante as manifestações.

“Toda a gente é muito amável, apesar de sermos alemãs. É muito simpático. São todos muito acolhedores. Esperamos que também haja ferries para regressarmos. Essa é a nossa única preocupação”, disse uma jovem turista.

“Se não puder levantar dinheiro, isso pode afetar as minhas férias. Se houver uma greve também afeta, mas se não houver uma revolta, como a de Paris, está tudo bem”, afirmou um turista francês.

O turismo representa 20% do Produto Interno Bruto da Grécia. Um em cada quatro postos de trabalho está ligado à industria do turismo.

“Em junho devido à grande incerteza que assistimos, verificou-se uma baixa das reservas, mas a situação está sob controlo. Nos últimos dias houve uma queda nas reservas, mas não houve cancelamentos, só uns poucos”, referiu Andreas Andreadis, presidente da Confederação do Turismo Grego

Em 2014, a Grécia recebeu o número recorde de 24 milhões de turistas.

“O turismo é um pilar da economia grega e vital para que o país saia da recessão. Com a entrada de turistas no auge, os negociantes dizem que o país tem de entrar na normalidade o mais rapidamente possível para que a sua imagem no estrangeiro não seja prejudicada”, sublinhou Symela Touchtidou, da Euronews, no porto de Pireu, em Atenas.