Última hora

Última hora

"The Last Supper" a última ceia egípcia em Avignon

Em leitura:

"The Last Supper" a última ceia egípcia em Avignon

Tamanho do texto Aa Aa

Apresentada no 69º Festival de Avignon, “The Last Supper”, ou “A Última Ceia” em português, pelo encenador egípcio Ahmed El Attar, leva-nos ao Egito

Apresentada no 69º Festival de Avignon, “The Last Supper”, ou “A Última Ceia” em português, pelo encenador egípcio Ahmed El Attar, leva-nos ao Egito, pós-revolucionário.

No momento em que o país enfrenta desafios políticos, económicos e sociais, os personagens manifestam despreocupação e desprezo.

A peça é uma representação grotesca da burguesia egípcia, com base em discussões sem sentido e inconsistentes com o objetivo de demonstrar o vazio.

Há personagens que não dizem uma única palavra. Uma dialética entre senhores e servos. Ainda assim, o fluxo de palavras é interminável, os protagonistas enchem-se de vazio até ao absurdo. Para o encenador, ficção e realidade misturam-se em palco.

Depois de Avignon, “The Last Supper” ruma a Paris e Bruxelas, em 2016.