Última hora

Última hora

França: migrantes ilegais tentam nova travessia por entre reforço da segurança

Pela terceira noite consecutiva, centenas de migrantes de origem africana voltaram a tentar atravessar o túnel sob o canal da Mancha com destino ao

Em leitura:

França: migrantes ilegais tentam nova travessia por entre reforço da segurança

Tamanho do texto Aa Aa

Pela terceira noite consecutiva, centenas de migrantes de origem africana voltaram a tentar atravessar o túnel sob o canal da Mancha com destino ao Reino Unido.

Informações avançadas pela polícia francesa dão conta de pelo menos 300 detenções.

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, afirma que Reino Unido e França estão a trabalhar em estreita cooperação.

“Precisamos de trabalhar em estreita parceria com os franceses e com as várias empresas mas é preciso reconhecer a origem deste problema que consiste em pessoas atravessarem o Mediterrâneo à procura de uma vida melhor. É preciso lidar com a origem desta questão”.

O ministro francês do Interior, Bernard Cazeneuve anunciou na quarta-feira o envio de 120 reforços policiais.

A empresa Eurotunnel não avançou números concretos mas admitiu que os novos reforços policiais teriam contribuído para uma diminuição no número de tentativas de travessia.

De referir que desde junho que nove migrantes perderam a vida ao tentarem chegar ao Reino Unido. Segundo as associações de defesa dos imigrantes, registam-se diariamente cerca de uma centena de tentativas de travessia. A empresa Eurotunnel contesta os números e defende um valor mais próximo das duas mil tentativas de intrusão.

A mais recente vítima, de origem sudanesa, morreu esta quarta-feira depois de ter sido atropelada quando tentava subir a um camião.