Última hora

Última hora

Crise do Lixo inflama protestos contra o governo em Beirute

A chamada “crise do Lixo” está a dar origem a uma vaga de revolta contra o governo no Líbano. Milhares de pessoas manifestaram-se este sábado, em

Em leitura:

Crise do Lixo inflama protestos contra o governo em Beirute

Tamanho do texto Aa Aa

A chamada “crise do Lixo” está a dar origem a uma vaga de revolta contra o governo no Líbano.

Milhares de pessoas manifestaram-se este sábado, em Beirute, para exigir a demissão do executivo de união nacional e a convocação de eleições antecipadas.

Pelo menos 35 pessoas ficaram feridas durante o protesto, depois da polícia ter recorrido a gás lacrimogéneo e balas de borracha para dispersar os manifestantes.

Os organizadores do protesto, que gritaram slogans das revoluções árabes contra as autoridades, começaram entretanto a instalar algumas tendas no centro do Beirute, tendo convocado uma nova manifestação para terça-feira.

A crise prolonga-se desde o encerramento da principal lixeira da capital, em julho ,e quando os principais partidos da coligação governamental não conseguem chegar a um acordo para encontrar uma solução alternativa.

Uma situação que reflete a situação política caótica do país, sem um presidente desde há um ano. O governo, que se encontra há seis anos no poder, decidiu prolongar o mandato até 2017 face à impossibilidade de encontrar um acordo entre as formações políticas rivais.