Última hora

Última hora

Mundiais de Astana 2015: Erika Miranda repete bronze para o brasil

A japonesa Misato Nakamura e o sul-coreano Baul An foram os campeões do segundo dia dos Mundiais de judo, que estão a decorrer em Astana, no

Em leitura:

Mundiais de Astana 2015: Erika Miranda repete bronze para o brasil

Tamanho do texto Aa Aa

A japonesa Misato Nakamura e o sul-coreano Baul An foram os campeões do segundo dia dos Mundiais de judo, que estão a decorrer em Astana, no Cazaquistão.

Com os portugueses, uma vez mais, longe das medalhas, o Brasil voltou a arrecadar o bronze em – 52kg, de novo por Erika Miranda. A portuguesa Joana Ramos caiu logo à primeira diante de Nakamura. A japonesa, número 18 de mundo, até tinha um “ranking” pior que a portuguesa, atual número 9, mas dois títulos mundiais (2009 e 2011) e uma medalha de bronze olímpica em Pequim 2008 davam-lhe o favoritismo, que se confirmou no “tatami.”

Misato Nakamura foi ganhando até à final e, aí, diante da romena Andreea Chitu, reconquistou o título mundial. Tal como no ano passado, Chitu voltou a ficar-se pela prata.

Medalhas: Ouro: Misato Nakamura (Jap); Prata: Andreea Chitu (Rom); Bronze: Darya Skrypnik (Blr) e Erika Miranda (Bra).

Na final masculina de -66kg, triunfo para o jovem sul-coreano Baul An. O campeão do mundo júnior há dois anos enfrentou no deciso duelo o medalha de bronze dos recentes europeus de Bacu, Mikhail Pulyaev.

Com o português Sergei Olinic a ficar pelo caminho ao terceiro combate, diante do alemão Sebastian Seidl, a final revelou-se equilibrada. O sul-coreano revelou-se, porém, mais frio e eficaz que o russo. Baul An sagrou-se campeão do Mundo com 21 anos. Tal como no ano passado, Pulyaev voltou a ficar-se pela prata.

Medalhas -66kg (masc.) Ouro: Baul an (Cor); Prata: Mikhail Pulyaev (Rus); Bronze: Rishod Sobirov (Uzb) e Golan Pollack (Isr).

Os Mundiais de judo prosseguem esta quarta-feira, em Astana, com a entrada em cena de Telma Monteiro (-57 kg), quatro vezes vice-campeã mundial e uma medalha de bronze, e de André Alves e Jorge Fernandes (-73 kg).