Última hora

Última hora

Juncker pedirá a Estados-membros para acolher mais 120 mil refugiados

O Presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, vai pedir aos Estados-membros, na próxima quarta-feira, para repartir 120 mil refugiados que

Em leitura:

Juncker pedirá a Estados-membros para acolher mais 120 mil refugiados

Tamanho do texto Aa Aa

O Presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, vai pedir aos Estados-membros, na próxima quarta-feira, para repartir 120 mil refugiados que se encontram na Hungria, Grécia e Itália. O número deverá somar-se aos cerca de 40 mil propostos inicialmente, de acordo com fontes comunitárias.

A solidariedade continua a ser insuficiente, pelo menos no entender dos manifestantes que protestaram esta sexta-feira em Kos, por altura da visita do vice-presidente do executivo comunitário, Frans Timmermans, e do comissário europeu para a Imigração, Assuntos Internos e Cidadania, Dimitris Avramopoulos, à ilha.

No local, o número dois da Comissão Europeia apelou à unidade: “Kos encontra-se na linha da frente, mas a ilha não pode lidar sozinha com este problema. Trata-se de um desafio global que requer soluções europeias e solidariedade europeia. Estamos perante um momento de verdade na história europeia.”

Em Atenas, os representantes europeus reuniram-se com responsáveis da agência do controlo de fronteiras, Frontex, já que Bruxelas espera reforçar o acolhimento com pontos chave no terreno.

O comissário Europeu para a Imigração sublinhou que a Grécia poderá beneficiar de 474 milhões de euros até 2020 para criar infraestruturas e mecanismos necessários.