Última hora

Última hora

H&M regista em agosto o pior resultado de vendas desde março de 2013

A fabricante têxtil Hennes & Mauritz (H&M) teve em Agosto o pior mês de vendas em mais de dois anos. De acordo com o relatório divulgado esta

Em leitura:

H&M regista em agosto o pior resultado de vendas desde março de 2013

Tamanho do texto Aa Aa

A fabricante têxtil Hennes & Mauritz (H&M) teve em Agosto o pior mês de vendas em mais de dois anos. De acordo com o relatório divulgado esta terça-feira pela segunda maior retalhista têxtil do Mundo atrás da Zara, as vendas globais da marca sueca em agosto foram afetadas de forma negativa pelo acentuado clima quente da estação.

[[ Relatório das vendas da H&M em agosto e no terceiro trimestre de 2015 ]]

A H&M explica o lento crescimento homólogo de apenas 1 por cento de vendas em agosto, contra os 6 por cento estimados, com um verão excecionalmente quente nos principais mercados europeus onde a marca está presente, como a Alemanha, onde as temperaturas bateram recordes.

Este foi o pior resultado da H&M desde a queda de 4 por cento nas vendas registada em março de 2013.

O relatório refere também os resultados do terceiro trimestre deste ano (1 de junhbo a 31 de agosto), período em que as vendas incluindo IVA aumentaram 11 por cento nos câmbios locais face ao mesmo período do ano passado.

Quando convertidas das moedas locais para a divisa sueca, os resultados do terceiro trimestre registam um aumento homólogo ainda maior, na ordem dos 18 por cento e com um valor de 53.420 coroas suecas, o que se explica pela desvalorização da moeda nórdica face âs divisas da maior parte dos mercados onde o grupo está presente.

A 24 de setembro, a H&M tem previsto divulgar o relatório de vendas dos últimos 9 meses (1 de dezembro de 2014 – 31 de agosto de 2015. O resultado das vendas de setembro do gigante têxtil sueco serão conhecidos a 15 de outubro.

A Inditex SA, que detém a Zara, prevê anunciar os resultados das vendas do primeiro semestre do ano esta quarta-feira.