Última hora

Em leitura:

Papa "abençoa" política de Obama no primeiro dia da visita aos EUA


EUA

Papa "abençoa" política de Obama no primeiro dia da visita aos EUA

Foi como “um filho de uma família de imigrantes” e em pleno debate pré-eleitoral sobre a questão migratória, que o Papa Francisco iniciou a sua primeira visita aos Estados Unidos.

Uma deslocação marcada por várias declarações sobre a necessidade de integrar os imigrantes e um gesto simbólico, a canonização do primeiro santo hispânico dos Estados Unidos, durante uma missa no santuário nacional da Imaculada Conceição, em Washington.

Horas antes, reunido com o presidente Barack Obama, na Casa Branca, o Papa Francisco tinha evocado outro tema caro ao seu pontificado e ao programa do presidente democrata, a luta contra as mudanças climáticas.

“É preciso reconhecer a urgência, parece-me claro que as mudanças climáticas são um problema que não podemos continuar a querer deixar para as gerações futuras”.

Um discurso também político, de apoio à política ambiental de Obama, rejeitada, no entanto pelo Congresso no início do seu mandato.

Os temas da ecologia, imigração e luta contra as desigualdades prometem voltar a fazer franzir alguns sobrolhos na bancada republicana, esta quinta-feira, quando o Papa pronunciar um discurso frente ao Congresso norte-americano.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Presidente da China visita Boeing