Última hora

Última hora

Papa Francisco recebe banho de multidão em Nova Iorque

Milhares de norte-americanos sairam à rua em Nova Iorque para acolher o Papa Francisco, à chegada de Washington. Depois do banho de multidão, o Sumo

Em leitura:

Papa Francisco recebe banho de multidão em Nova Iorque

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de norte-americanos sairam à rua em Nova Iorque para acolher o Papa Francisco, à chegada de Washington.

Depois do banho de multidão, o Sumo Pontífice conduziu uma missa perante três mil fiéis na catedral de São Patrício, em plena Quinta Avenida. O líder da Igreja Católica aproveitou a ocasião para voltar a lamentar a “vergonha” causada pelos escândalos de pedofilia envolvendo membros do clero.

No Congresso, em Washington, onde foi nomeadamente recebido pelo secretário de Estado norte-americano John Kerry, o Papa – nascido na Argentina no seio de uma família originária de Itália – apelou ao fim das hostilidades contra os imigrantes.

O líder da Igreja Católica afirmou que “não nos devemos deixar surpreender pelos seus números, mas sim vê-los como pessoas; ver as suas caras e ouvir as suas histórias, tentando responder da melhor forma possível à sua situação. Responder de uma forma que seja sempre humana, justa e fraterna”.

No discurso histórico – o primeiro de um Papa perante o Congresso norte-americano – o Sumo Pontífice abordou outros assuntos delicados nos Estados Unidos, como a pena de morte, defendendo a sua abolição.